top of page

CFI - CONSELHO FISCAL APROVA A PRESTAÇÃO DE CONTAS DA GESTÃO DO CDE 2021-2022

E encaminha o parecer da prestação de contas ao Conselho de Entidades Base (CEB)



O Diretório Central dos Estudantes do Instituto Federal do Tocantins (DCEIFTO) encaminhou para o Conselho Fiscal (CFI) na semana passada dia 3 de março (quinta-feira) a prestação de contas referente as entradas e saídas do caixa do Diretório utilizado na gestão 2021-2022. No mesmo dia o Conselho Fiscal sendo representado pelo Conselheiro Elson Martins Neves emitiu um Parecer de Nº 001/2022/PAR/CFI/DCE, DE 03 DE MARÇO 2022, aprovando a prestação de contas e que foi encaminhada ao Conselho de Entidades Base (CEB).


Segue o parecer: Nº 001/2022/PAR/CFI/DCE (anexo no rodapé) DA SOLICITAÇÃO O presente parecer, trata da consulta, solicitada pelo Diretório Central dos Estudantes do Instituto Federal do Tocantins (DCEIFTO), expresso na solicitação na prestação de contas de nº 0012022/PRESCON/DCE, acerca das entradas e saídas de recursos durante o mandato da Gestão 2021-2022. Cabe salientar, preliminarmente, que concerne à prestação de contas, realizada pel DCE, demonstrar o que foi feito com os recursos da referida entidade durante sua gestão. Este procedimento é necessário para que seja resguardado os interesses dos representados, e ainda para que seja fomentada a transparência do órgão. DO PARECER O Conselho Fiscal do DCEIFTO, representado por Elson Martins Neves, após examinar a Prestação de Contas relativa ao exercício da Gestão 2021-2022, defere que as peças examinadas traduzem a situação patrimonial e financeira da entidade, sem inconsistências, devendo ser submetidas à apreciação do Conselho de Entidades Base (CEB).


A gestão do DCEIFTO 2021-2022 é a primeira desde a fundação do Diretório ter um Conselho Fiscal ativo, sendo o orgão de primeira instância encarregado pela fiscalização das finanças do DCE e o CEB sendo a segunda instância de aprovação de contas. Neste sentido o DCE precisa ter aprovação dos dois Conselhos.


O que é um conselho fiscal?

O conselho fiscal é um órgão interno, mas que tem atuação independente para fiscalizar os resultados de um negócio. Logo, ele age de maneira autônoma em relação à diretoria, o que garante confiabilidade quanto às informações apresentadas. É uma das principais ferramentas para realizar um acompanhamento completo sobre a contas de uma diretoria e para favorecer a prestação de contas.


Para que ele serve?

Além de entender o que é o conselho fiscal, é fundamental conhecer seus objetivos. Primeiramente, ele busca trazer transparência para a comunicação e apresentação de dados sobre o negócio. Assim, a gestão e os associados podem confiar nas informações apresentadas, com a garantia de que elas são representativas.


 
16 visualizações0 comentário
bottom of page